5 Dicas Para Sua Indústria Crescer em Meio a Crise do Novo Coronavírus

5 Dicas Para Sua Indústria Crescer em Meio a Crise do Novo Coronavírus

Com a pandemia da COVID-19 se instalou em todo mundo uma crise de saúde e humanitária, bem como um choque econômico. As mudanças estão ocorrendo rapidamente e as companhias precisam agir e se adaptar na mesma velocidade.

Pensando nisso a Solverus reuniu 5 dicas para sua indústria crescer em meio a crise.

Faturamento adicional com a redução do lead time

Devido ao grande risco de contágio da COVID-19, a orientação da OMS é o isolamento social, as pessoas devem ficar em casa, o comércio está fechado, as empresas e escritórios devem evitar a aglomeração de pessoas. Neste cenário as pessoas demandam mais serviços delivery e consequentemente há uma maior demanda de bens de consumo para serem entregues em casa. Algumas empresas já sofrem com o aumento da demanda, e é justamente por esse crescimento que a indústria precisa melhorar a sua produtividade, reduzindo o tempo gasto para se produzir algo, aumentando a produtividade e consequentemente o faturamento. O Conference Board mede a produtividade como o PIB em dólares dividido pelas horas trabalhadas. Podemos usar a mesma lógica para nossas empresas.

Exemplo: Através de um projeto de “Eng.ª de Sistemas Produtivos”, a empresa ABC, que fatura R$ 4 milhões, reduziu em 20% na necessidade de horas visto que agora ela conclui suas entregas da semana na quinta-feira. Calcule o faturamento adicional.

As organizações que vão precisar atender o aumento da demanda de alguns produtos precisam trabalhar na diminuição do Lead time, que pode ser definido como uma medida de tempo gasto pelo sistema produtivo para transformar matérias-primas em produtos acabados.

É muito importante fazer com que o Lead Time seja o mais reduzido possível. Ter um bom planejamento entre o momento do pedido até o recebimento pode oferecer muitas vantagens. A principal entre elas é: redução de custos.

É comum que organizações enfrentem problemas para controlar o tempo. Mas, realizando o processo de ponta a ponta é possível obter:

  • Gerenciamento eficaz;
  • Cálculos corretos;
  • Sucesso com os clientes;
  • Destaque no mercado.

Reestruturação dos processos para o meio digital

Se antes do Corona Vírus já era importante as empresas se atualizarem e aos poucos se adequarem para o meio digital, durante essa epidemia, quem não o fizer, provavelmente não sobreviverá após a crise.  O mundo está cada vez mais digital, novas tecnologias não param de surgir e nesse momento, se atualizar virou questão de sobrevivência. É preciso conhecer e dominar os meios e ferramentas que vão auxiliar as indústrias em todos os seus processos.

Enfim, com o risco iminente do contágio em meio a pandemia da COVID-19, as empresas precisam implantar processos automatizados ao máximo e que permitam o trabalho e monitoramento remoto. As reuniões já vêm deixando de ser presenciais para se tornarem virtuais, videoconferências e reuniões online já são uma realidade, mas nesse momento se tornaram uma necessidade de sobrevivência no mercado. Existem hoje diversos softwares e ferramentas digitais que auxiliam as organizações a gerirem todos seus processos de forma integrada e simultânea, e devido ao cenário atual, é necessário que toda a equipe conheça e saiba utilizar essas ferramentas da melhor maneira.

Inserir em definitivo na internet

O ambiente digital tornou-se parte da estratégia de várias empresas que desejam destaque e crescimento no mercado. Atualmente, estar no meio digital tornou-se necessário, pois é lá que os clientes estão. Porém, muitas empresas ainda não entendem, ou não querem entender, o poder existente na internet. Alguns, ainda acreditam que criar um site ou estar presente em redes sociais não traz resultados satisfatórios para o seu negócio, desconhecendo o poder existente no mundo web e perdendo grandes oportunidades.

O meio digital tem um grande poder de alcance e custo baixo, se comparado a outros canais de divulgação, tornando-se uma ferramenta poderosa e eficaz para as empresas. Segundo o relatório divulgado pelos serviços online Hootsuite e We Are Social em 30 de janeiro de 2018, mais da metade da população mundial já conta com acesso à internet.

A internet é como uma grande rede que liga todo mundo de forma instantânea e possibilita a troca de informações e conhecimento o tempo todo. Devido a essa facilidade, cada vez mais as pessoas buscam o que precisam na internet, e o seu negócio precisa estar lá.

Um outro exemplo é o modelo B2B, onde a negociação é feita de empresa para empresa sem a necessidade de um intermediário ou representante de vendas, geralmente feita através de um sistema integrado.

O marketing digital já vem trazendo resultados expressivos para todo tipo de negócio e hoje, sem dúvida, é o principal meio de divulgação para sua organização, afinal de contas, quanto vale um outdoor hoje em dia?

Previsão de demanda em ambientes turbulentos

Estamos vivendo um ambiente mais que turbulento e infelizmente tudo que é utilizado hoje para prever a demanda de um determinado produto, já não serve mais. A demanda é imprevisível no momento com as ferramentas tradicionais, portanto podemos e devemos utilizar a tecnologia a nosso favor, nesse caso existe a inteligência artificial e o aprendizado de máquina para prever a demanda com cada vez mais precisão.

A tecnologia de aprendizagem de máquina é considerada um subcampo da Inteligência Artificial, que trabalha com a ideia de que as máquinas podem aprender sozinhas ao terem acesso a grandes volumes de dados.

A definição mais simples é que as máquinas podem detectar padrões e criar conexões entre dados, por meio de Big Data e algoritmos sofisticados, para aprenderem sozinhas a executar uma tarefa. Basicamente, os algoritmos utilizam análises estatísticas aprimoradas sobre os dados que recebem, resultando em respostas e previsões mais precisas. O Machine Learning permite que as aplicações de software se tornem mais “inteligentes” e preditivas, sem que seja necessário programá-las com frequência para que elas “aprendam”.

Otimização do sequenciamento da produção

Para que a organização seja mais produtiva em meio à crise, devemos fazer as seguintes perguntas: qual a melhor maneira de se planejar a produção de forma que se possa produzir o máximo, ao custo mínimo? Ou ainda, qual a sequência ótima de produção? Otimizando o processo através de um sequenciamento apropriado, obtêm-se ganhos pela redução dos tempos improdutivos, gerando um melhor aproveitamento do sistema, aumenta-se a confiabilidade do processo além de reduzir os custos de produção garantindo uma entrega mais rápida.

shares